Calendário do Auxílio Brasil

De fato, o governo de Jair Bolsonaro divulgou, de forma antecipada, o calendário do Auxílio Brasil para este mês. Assim, a liberação do último pagamento acontecerá cinco dias antes do segundo turno das eleições, cuja data é 30 de outubro.

Inicialmente, os pagamentos começariam no dia 18 e seriam finalizados no dia 31, de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários. Mas devido a nova alteração, o atendimento do Auxílio Brasil começará no dia 11 e terminará no dia 25 de outubro.

Como ficam as datas do calendário do auxílio Brasil?

Conforme verificado, a mudança do cronograma saiu no Diário Oficial da União (DOU) do último dia 3 de outubro. O órgão responsável por instruir essa mudança foi o Ministério da Cidadania, cuja função é gerir ao mesmo tempo, outros programas sociais do governo federal. Não houve nenhuma alteração nas datas de novembro e dezembro.

Vale lembrar que, essa não é primeira vez que o governo altera as datas do Auxílio Brasil no atendimento à população. Em agosto, também houve uma antecipação dos pagamentos do programa.

A seguir, veja a lista com as novas datas de pagamentono calendário do Auxílio Brasil:

Final do NISDia do mês de outubro de 2022
01 11
02 13
03 14
04 17
05 18
06 19
07 20
08 21
09 24
10 25
 Calendário do Auxílio Brasil

Até dezembro de 2022, o valor recebido pelos beneficiários do Auxílio Brasil será de R $600. Em 2023, o programa voltará a pagar apenas R $400. Se a quantia de R $600 fosse mantida, o impacto nos cofres públicos seria de R $50 bilhões. Com isso, seria difícil manter os custos e os investimentos necessários para o funcionamento do país.

Bolsonaro promete Auxílio de R$ 800

O presidente Bolsonaro prometeu pagar até 800 reais em seu programa eleitoral, mas até o momento, não disse como conseguiria esse recurso. A proposta seria dar 200 reais a mais para àqueles que conseguirem emprego. Assim, quem ganha 600 reais passaria a ganhar 800. Mas, segundo informações, o orçamento para 2023 está fixado em 405 reais.

Alessanderson Dubecker

A missão do Quero Telefone: Um mundo onde a experiência do cliente tem um impacto positivo e sustentado em indivíduos, organizações, sociedade e no bem-estar econômico do Brasil.