Cartão PagSeguro

Cartão PagSeguro

Hoje, nós falaremos do Cartão PagSeguro. Esse é um assunto que nos interessamos, aqui, na Quero Telefone pois ele tende a ser, um pouco, mais complexo do que possa parecer, a primeira vista.

Mesmo assim, ele é bastante presente na vida de todo cliente da empresa. Tanto que é um dos primeiros tópicos a serem tratados, quando entramos em contato com a empresa, através do Telefone do PagSeguro.

Isso pois ele tende a ser bastante vantajoso para os usuários. Entre outras razões, pelo fato de que as taxas do PagSeguro não incidem sobre o cartão, na maior parte das operações realizadas com ele. Mesmo comparando com outras empresas do tipo.

Assim, cabe aqui, falarmos, mais dessa importante ferramenta. Tanto para comerciantes, quanto para compradores. E, também, da própria, empresa, visto o seu enorme tamanho. Fique com a gente para saber um pouco mais e tenha uma boa leitura.

O Que É o PagSeguro?

O PagSeguro é uma empresa, totalmente, brasileira. Mesmo que, ao longo de sua história, tenha adquirido ou feito parcerias com empresas estrangeiras. Direta ou indiretamente.

Sua primeira e função natureza de operações é a captação e recebimento de operações de cartões de crédito e débito. Sendo, aliás, uma das empresas que opera com o maior número de bandeiras no país. Seu cartão PagSeguro, próprio, aliás, é da bandeira Visa. Uma das mais populares do mundo.

Mas, para além disso, o PagSeguro atua, também, no mercado financeiro. Isso se deu a partir do ano de 2019, com a criação do PagBank, o banco digital da empresa.

O PagSeguro, atualmente, é de posse do grupo UOL (Universo Online). Respondendo, aliás, pela maior parte do faturamento da empresa. Mas, o começo de sua história não se deu dessa maneira, como veremos mais abaixo.

Qual é a História da PagSeguro?

O PagSeguro foi fundado em 2006. Porém, nessa época, ainda, possuía o nome de BRPay. Por ser a primeira iniciativa, nacional, de pagamentos digitais, logo, ela despertou os olhares de muitas empresas maiores.

Uma delas foi o UOL. Por isso, no ano seguinte, o grupo empresarial adquiriu a Brpay. E, alguns meses depois, mudou o seu nome para o atual. Nascia assim, de fato, o PagSeguro.

Nos próximos anos, a empresa cresceu muito. Ainda no ano de 2010 (ou seja, em apenas 3 anos), a sua base de clientes já se encontrava na casa dos 12 milhões de usuários. Mesmo para uma empresa como o UOL. Esse número era surpreendente.

Maquininha da PagSeguro

Esse crescimento levou a empresa a diversificar as suas atividades. Depois de, em 2012, buscar parceria com a Horus, para garantir maior segurança, e com a finlandesa Nokia, para maior conectividade, lançou, no ano seguinte, o seu produto mais conhecido.

Trata-se de seu terminal de pagamento. A famosa maquininha do PagSeguro. Na época, ela só trabalhava com cartões de crédito e débito. Posteriormente, aceitaria vouchers e outros serviços, como a recarga de aparelhos celulares.

Mas essa não foi a única novidade no ano de 2013. Foi lançado, também, o Envio Fácil. Essa empresa de logística se mostra como a empresa privada com maior capilaridade no país. Isso pois atinge com frota própria, todo o território nacional. Sem restrição de peso.

No ano seguinte, é lançado o app Carteira PagSeguro. O aplicativo de carteira digital visa substituir métodos de pagamento tanto físicos quanto digitais.

Mercado Financeiro e Abertura de Capital

Nos anos seguintes, o PagSeguro se voltou para o mercado financeiro. Houve uma tentativa de compra do do Agibank, mas essa não logrou sucesso.

Porém, em 2017, foi comprada a startup de empréstimos Biva. Essa se destina a pequenos e microempresários. A mesma esfera de de atuação do PagSeguro.

No ano seguinte, o PagSeguro abre o seu capital na Bolsa. O valor arrecadado bateu recordes e serviu para viabilizar diversos projetos. Como o que listaremos abaixo.

Em 2019, é comprada o Banco Brasileiro de Negócios. E, logo em seguida, ingressa, de fato, no mercado financeiro. É aberto o PagBank, o banco digital da empresa.

No momento de sua abertura, o PagBank já se encontrava em pé de igualdade com outros bancos digitais brasileiros. Mas isso logo mudou.

Nos 4 primeiros meses, a empresa já contava com 1,4 milhão de correntistas. E esse número continuou crescendo de maneira assombrosa.

Esse rápido crescimento viabilizou o lançamento de um novo cartão PagSeguro internacional, com a bandeira Visa. Esse foi um importante trunfo para a empresa, pois ofereceu maiores vantagens, como, por exemplo, a não cobrança de algumas taxas, praticadas por outras instituições.

PagSeguro Atualmente

Atualmente, o PagSeguro se mostra como um grupo empresarial bastante forte. E isso em todos os segmentos em que a empresa atua. A sua plataforma de pagamentos se mostra como uma das mais confiáveis do país.

E a sua subsidiária de logística como uma das que possuem maior capilaridade. Rivalizando, até mesmo, com os Correios.

Porém, a maior parte do faturamento da empresa advém do PagBank. E ele só aumentou com a compra, em 2020, da MOIP, subsidiária da empresa alemã Wirecard. Após essa operação, o PagBAnk passou a ter uma base de usuários de mais de 6 milhões.

Além disso, a empresa continua apostando no pioneirismo. E isso se nota ao analisarmos o seu mais recente lançamento, já no ano de 2021.

Trata-se do PagPhone. O aparelho combina um smartphone com um terminal de pagamento. Ambos, com as mais modernas tecnologias disponíveis.

A iniciativa é pioneira no Brasil. Mas, além disso, por utilizar-se de um sistema operacional Android, ela é, também, pioneira no planeta.

Cartão PagSeguro

Junto com a maquininha da PagSeguro, surgiu outra ferramenta da empresa. Trata-se do cartão PagSeguro. Na verdade, a sua primeira versão.

Esse cartão era um cartão de crédito pré-pago. Ou seja, ele utilizava o dinheiro da conta virtual do PagSeguro, decorrente de suas vendas.

As operações feitas por ele incorriam na categoria crédito. Mas o débito era automático, sem gerar fatura ou juros. Isso ajudava os clientes a aumentarem o seu score junto a instituições de crédito.

Segunda Versão do Cartão PagSeguro

É importante salientarmos que esse tipo de cartão da PagSeguro continua existindo. Mas, desde 2019, um novo tipo de cartão tem sido utilizado pelos clientes da empresa.

Trata-se do cartão PagBank, de bandeira Visa. Devemos salientar que todo cliente do PagBank é, também, um cliente do PagSeguro, visto que as contas estão atreladas.

O cartão PagBank possui tanto a modalidade crédito quanto a de débito. Podendo essa ser ou não pré-paga. No segundo caso, trata-se de um cartão de crédito comum, com fatura e taxas. Porém, essas podem ser, até, 3 vezes menores que as praticadas por outras instituições.

Porém, esse cartão é livre de anuidade e outras taxas de manutenção. E permite saques em caixas 24 horas, sem custo. A remoção dessa taxa é, relativamente, recente, visto que, anteriormente, essa era bastante semelhante a de outros bancos digitais.

De fato, as únicas taxas praticadas pelo cartão PagBank são aquelas relativas às operações de crédito, por conta do risco envolvido. Essas são maiores em operações internacionais, por conta do IOF e taxas de câmbio.

Com o cartão PagBank, também, é possível ter acesso a todos os produtos financeiros que o banco digital oferece. Esses, no caso, podem ter taxas bem distintas entre si. Por isso, se informe junto à instituição, antes de contratá-los.

Assuntos relacionados

Confira os meios de contato de outras empresas online e podem ser uteis em algum momento para você:

Atendimento do Mercado Livre

SAC do PicPay

Telefone do Santander