Como falar com a ouvidoria do Mercado Pago?

Como falar com a ouvidoria do Mercado Pago

Como falar com a ouvidoria do Mercado Pago? Nos dias de hoje, plataformas de compras e vendas online possuem uma relevância cada vez maior. Por conta disso, o Mercado Pago continua fazendo muito sucesso entre seus usuários, pois facilita a vida de muitas pessoas.

Contudo, como nada é perfeito, pode acontecer de uma pessoa utilizar o Mercado Pago e não ficar tão satisfeita com serviço. Nesse caso, ela pode ligar para o SAC e fazer uma reclamação. Se a resposta desse setor não for satisfatória, ela pode acionar a ouvidoria da empresa e reclamar da postura do SAC.

Se você quer acionar o SAC do Mercado Pago, mas não sabe como fazer isso, fique tranquilo. Leia este texto e veja como falar com a ouvidoria dessa empresa.

Como falar com a ouvidoria do Mercado Pago?

O canal de ouvidoria do Mercado Pago está pronto para dar apoio aos seus clientes. No entanto, para que esse setor seja acionado, é preciso ter falado previamente com o SAC da plataforma e não ter obtido resposta durante cinco dias. Ademais, também é possível acionar a ouvidoria se o SAC der uma resposta que não resolva o problema do cliente.

Se você se encaixa em alguma dessas situações, faça login em sua conta do Mercado Pago. Ao acessar a página, serão mostradas mais informações sobre a ouvidoria dessa plataforma.

Quando falar com a ouvidoria do Mercado Pago?

A ouvidoria do Mercado Pago só pode ser acionada após contato prévio com os outros canais de atendimento do site e, mesmo assim, não houver uma solução para o seu problema.

Ou seja, por se tratar da última instância de comunicação, o papel da ouvidoria é suprir a falha do SAC e das demais áreas de atendimento do Mercado Pago.

Se nem mesmo a ouvidoria resolver o problema, o cliente deve ligar para o Procon ou algum outro órgão oficial de defesa do consumidor naquela região. Dessa forma, ele saberá quais medidas devem ser tomadas para lutar por seus direitos.

SAC do Mercado Pago

Caso queira contatar o SAC do Telefone Mercado Livre ou do Telefone Mercado Pago, ligue para 0800 637 7246. Para quem possui alguma deficiência na audição ou na fala, o contato é 0800 650 2121. Ambos os números estão disponíveis de segunda à sexta-feira, das 8h às 22h e, aos sábados, das 8h às 20h.

Para que o SAC te atenda, você precisa ter o seu código de atendimento em mãos, pois isso é exigido pelo site. É bom lembrar que o SAC dessa empresa é exclusivo para os seus clientes, ou seja, quem não possui um perfil no site do Mercado Livre ou do Mercado Pago não será atendido.

Código de atendimento

Conforme foi dito acima, para que o SAC do Mercado Pago te atenda, é necessário estar com um código de atendimento. Para conseguir esse número, é necessário fazer login na conta do Mercado Pago, isso pode ser feito tanto no desktop quanto no smartphone.

Após fazer o seu login, é só acessar a página de ajuda do Mercado Pago. Depois disso, se a opção “Ligue para nós” estiver disponível, clique sobre ela e você terá o seu código de atendimento, cuja validade é 20 minutos. Se o código não funcionar, ou, por algum motivo, o prazo dele se esgotar, você precisará refazer os mesmos passos e pedir outro código.

Qual é o WhatsApp do Mercado Pago?

Quando alguém aciona o Mercado Pago por meio do WhatsApp, há um redirecionamento automático para o chat da empresa. No entanto, é bom lembrar que o WhatsApp dessa empresa não é acionado com um número específico, mas com o aplicativo do Mercado Pago.

Ao usar o app da empresa, se torna possível contatar o Mercado Pago por meio do WhatsApp. Caso você escolha a opção “Chat”, haverá um redirecionamento para a página do chat Mercado Pago.

Ao entrar nessa página, você será atendido por um dos atendentes da empresa. A partir daí, basta relatar o seu problema e receber a orientação adequada. Para baixar o app do Mercado Pago, entre no Google Play ou App Store.

História do Mercado Livre

Fundado em 1999, o Mercado Livre foi criado pelo empresário argentino Marcos Galperín. Esse homem montou o plano de negócios dessa empresa quando fazia o seu MBA na Universidade de Stanford. Naquela época, ele montou uma equipe de profissionais e começou a pôr o site em prática.

No ano de sua fundação, o Mercado Livre passou a atuar em outros três países além da Argentina: Uruguai, México e Brasil. No ano 2000, o Mercado Livre passou a atuar em outros quatro países da América Latina: Venezuela, Colômbia, Chile e Equador.

Ainda em 2000, o Mercado Livre obteve um investimento de US$ 46 milhões devido à contribuição de vários grupos financeiros. Além disso, a empresa alcançou US$ 8 milhões em 1999, em duas rodadas de financiamento.

No começo do milênio, a sociedade foi transformada pelo estouro da bolha da internet. Apesar de ser uma época ruim para as plataformas online, o Mercado Livre conseguiu sobreviver a esse período.

Em 2001, o Mercado Livre teve parte de suas ações vendidas para o eBay, empresa estadunidense de comércio eletrônico. Por conta disso, essas duas empresas formaram uma grande parceria na América Latina.

Dois anos depois, houve o surgimento do Mercado Pago, uma ferramenta de pagamento muito segura que serve tanto para pessoas jurídicas quanto para pessoas físicas. Atualmente, o Mercado Pago é um dos grandes rivais do PayPal.

Em 2007, o Mercado Livre abriu um capital na Nasdaq, o mercado de ações dos EUA que tem grande ligação com a tecnologia. Por conta disso, vários interessados obtiveram ações do Mercado Livre.

Em 2012, o CEO do Mercado Livre, Marcos Galperín, concedeu uma entrevista ao La Nación e falou sobre a importância das ações na Nasdaq. Inclusive, ele fez questão de afirmar que sua empresa era a “única argentina de tecnologia listada na Nasdaq”.

Segundo Galperín, o Mercado Livre tem um valor de transação três vezes maior que o de toda a bolsa de Buenos Aires. Além disso, ele ressaltou a importância de ter um país latino-americano no mapa dos investimentos de tecnologia.

Mercado Pago e a bolha da internet

No começo dos anos 2000, o mundo da tecnologia viveu a crise da bolha da internet. Naquele momento, a Nasdaq foi muito afetada, pois houve uma valorização gigantesca das empresas acima das taxas do mercado. Pouco tempo depois, houve uma enorme desvalorização na mesma proporção, o que fez muitas companhias irem à falência.

Numa reportagem especial sobre os 15 anos da crise dessa bolha, a revista Time disse que, em menos de 30 dias, houve o desaparecimento de mais de US$ 1 trilhão em ações da Nasdaq.

Numa entrevista ao La Nación, Marcos Galperín afirmou que o estouro da bolha da internet foi o período mais complicado da história do Mercado Livre. Inclusive, ele disse que a empresa quase fechou em vários momentos.

Segundo o CEO do Mercado Livre, a velocidade do dinheiro gasto era medida de forma constante, manobra conhecida como burn rate. Dessa forma, eles teriam uma noção melhor do tamanho do estrago nos cofres da empresa.

Segundo Galperín, o Mercado Livre demorou seis anos para superar totalmente a crise gerada pela bolha da internet. No entanto, essa crise não é nada comparada com a situação de várias empresas que, na mesma época, simplesmente deixaram de existir.

Galperín afirmou que acreditava que sua empresa resolveria aquela situação, pois acreditava que seu negócio era sustentável.

Deixe um comentário sobre Como falar com a ouvidoria do Mercado Pago?