Mercado Livre Trabalhe Conosco

Mercado Livre Trabalhe Conosco

Hoje, no Quero Telefone, abordaremos um tema que muitos pedem: Mercado Livre – Trabalhe Conosco. Em outras palavras, mostraremos como você pode ingressar nessa empresa, que é um titã regional do varejo online.

Devemos lembrar que não basta ligar no telefone Mercado Livre ou o Telefone Mercado Pago e pedir um emprego. Existe, na maior parte das vezes, um caminho a ser seguido para isso.

E, como estamos falando de várias oportunidades e de modalidades diferentes, podemos dizer que existem vários caminhos. Cabe, então, a você, decidir-se por qual tomar.

Alguns, por exemplo, terão mais riscos.

Mas oferecem potencias de resultados melhores. Outros, por outro lado, ofertam maior segurança a quem trabalha com (ou para) o Mercado Livre.

Lembrando que nenhuma das opções é melhor ou pior que as outras. Elas só estão alinhadas com objetivos e expectativas diferentes. Logo, toda apresentam o seu valor para quem deseja uma carreira junto ao Mercado Livre.

E oportunidades não faltam. Já que uma das tendências do Mercado Livre, para os próximos anos, é continuar crescendo. E, para suportar esse crescimento, é necessário que se tenham colaboradores o suficiente.

E é sobre isso que falaremos nesse artigo. Hoje, além de apontar os caminhos do Mercado Livre trabalhe conosco, falaremos, inclusive, do próprio funcionamento da plataforma. Continue lendo para saber um pouco mais.

O Que É o Mercado Livre?

Para começar a falar dos vários caminhos do Mercado Livre – trabalhe conosco, falaremos, em primeiro lugar, do próprio Mercado Livre. Por mais que se conheça a empresa, poucas pessoas têm a real extensão dela.

Primeiramente, precisamos explicar que, apesar de deter o título de gigante do varejo, o Mercado Livre não se limita a isso. De fato,ele é classificado como uma empresa de tecnologia, fornecida a comerciantes, para fazer crescer e fomentar o varejo online.

Dentre as atividades que o Mercado Livre suporta podemos citar a compra, venda e aluguel de produtos, ou até mesmo ser um entregador do ML. Mas, também, anúncios pagamentos e toda a parte de logísticas. Especialmente, nos últimos anos.

Mesmo assim, ele se tornou líder no mercado de varejo em toda a América Latina. De fato, sua internacionalização está presente desde a sua fundação.

Devemos nos lembrar de que o Mercado Livre (Mercado Libre, no original), nasceu na Argentina. No entanto, como parte dos sócios eram brasileiros, ele logo se expandiu para cá. E cresceu muito, em razão da população bem maior.

O objetivo inicial do Mercado Livre era fazer com a América Latina o que o eBay tinha feito com a porção norte do continente. No entanto, para tal, o grupo precisava controlar muitos outros aspectos do negócio.

Líder Regional

Esse processo de se tornar uma empresa internacional continuou. Tanto que, atualmente, a empresa está presente, de maneira direta, em 19 países. O que engloba, praticamente, toda a América do Sul e vários países da América Central, mais o México.

Assim, o seu objetivo principal foi cumprido. No entanto, a empresa nunca parou de crescer. Se expandindo para os outros aspectos que citamos acima.

E tem conseguido. Podemos notar isso por conta dos números que são divulgados pela empresa. Eram, por exemplo, em 2016, mais de 174 milhões de contas na plataforma. Número que cresceu muito, desde a época.

Além disso, o número de colaboradores para suportar essa operação, também, impressiona. Eram, naquele ano, mais de 4 mil deles. E, atualmente, esse número já supera, em muito, os 15 mil funcionários.

Quais São As Áreas de Atuação do Mercado Livre?

Como dissemos, o Mercado Livre se expandiu para muito além das operações de compra e venda. E, também, para muito além do simples fornecimento de tecnologia para suportar o setor do varejo.

Primeiramente, desde algum tempo, o Mercado Livre se tornou maior que uma única empresa. De fato, atualmente, ele é um grande grupo empresarial, cuja marca principal é a própria plataforma do Mercado Livre.

Mas, para isso, ela teve de crescer. Muitas vezes, absorvendo outras empresas. Como, por exemplo, antigos concorrentes seus, que lhe concederam maior penetração no mercado do varejo online.

Dentre esses antigos concorrentes, devemos citar a Lokau.com. A empresa foi muito forte no setor em finais dos anos 90 e início da década seguinte. Tanto que chamou a atenção do Mercado Livre a ponto de comprá-la.

Outra empresa no mesmo setor é a Arremate.com. Esse site de compra, venda e leilões era conhecido, fora do Brasil como DeRemate.

A última aquisição importante dessa primeira fase da empresa é a CMG (Certified Media Group). Essa se deu no ano de 2008. O mesmo em que suas ações foram colocadas à venda na Bolsa de Valores.

Mercado Pago

Essa foi uma das empresas que nasceu sob as asas do Mercado Livre. Em primeiro momento, o Mercado Pago era uma forma de facilitar os pagamentos dentro do Próprio Mercado Livre.

No entanto, como o Mercado Livre como um todo, essa iniciativa cresceu para além do seu objetivo inicial. Tanto que pessoas que utilizam o Mercado Pago, não fazem, necessariamente, uso do Mercado Livre.

Hoje, o Mercado Pago é classificado como uma carteira digital. Isso quer dizer que ele pode ser utilizado para fazer pagamentos digitais ou mesmo em lojas físicas. Desde que o estabelecimento permita isso, é claro.

Esse tipo de aplicativo pode ser usado tanto com os seus cartões de crédito, quanto com o saldo que você coloca na carteira. Dessa forma, pode operar como um cartão de débito, na prática.

Mercado Livre Envios

Outro aspecto que é muito importante no varejo é o de logística. Por isso, o Mercado Livre investiu muito nesse setor. Especialmente, nos últimos anos.

Em 2013, a empresa criou o Mercado Livre Envios. E, desde essa data, contando, inclusive com a aquisição de startups do setor, vem crescendo desde então. Um crescimento exponencial, visto que esse explodiu no último ano.

O último grande ato do Mercado Livre Envios foi no setor aeroviário. Em 2020, a empresa inaugura a sua própria frota de aviões, como a Meli Air.

Mercado Livre Trabalhe Conosco

Existem, basicamente, duas maneiras de se trabalhar como o Mercado Livre. Uma delas é utilizando a plataforma, para montar o seu negócio. E a outra é sendo um dos milhares de colaboradores da empresa.

Trabalhar Usando a Plataforma

Essa é a maneira como a maior parte das pessoas prefere trabalhar com o Mercado Livre. De fato, um dos focos da empresa é trabalhar com pequenos empresários. Mesmo que grandes marcas, também, operem na plataforma.

Para isso, basta criar uma conta e começar a divulgar os seus produtos. Você pode utilizar a sua própria logística ou, então, a estrutura do Mercado livre, que é muito mais ágil e tem a garantia do grupo.

A depender do seu plano, a plataforma fica com uma pequena porcentagem das suas vendas. Logo, essa taxa deve ser considerada ao anunciar os seus produtos.

Trabalhar Como Colaborador do Mercado Livre

Essa é a segunda maneira de se trabalhar junto ao Mercado Livre. Como um dos seus muitos colaboradores. E como é um grupo bastante extenso, existem ocupações em diversas áreas.

Por meio de uma parceria com a Randstart, a empresa mantém um programa permanente de contratações. Esse consiste em 6 etapas e segue um processo bastante semelhante a outras empresas.

No entanto, desde o início, a empresa destaca que buscam funcionários com espírito empreendedor e senso de dono. Dessa forma, todos os setores estarão emprenhados em fazer o grupo continuar o seu crescimento.