PagSeguro – Serviços, Maquininha, Como Funciona?

PagSeguro

Hoje, falaremos sobre o PagSeguro, uma das maiores referências em pagamentos digitais, no Brasil. E, também, nossa pauta, aqui no Quero Telefone.

De fato, a quantidade de informações sobre a empresa, é bastante farta. Muitas delas estão disponíveis através do atendimento PagSeguro ou, então do site da própria empresa.

Outras, como o histórico da empresa, necessitam de um pouco mais de pesquisa. Coisa que fizemos, especialmente, para você, nesse artigo.

E é sobre isso que falaremos. Além de destacar os principais serviços da PagSeguro, falaremos de sua jornada, desde sua criação, até os dias de hoje. Fique com a gente e tenha uma boa leitura.

O Que é o PagSeguro?

O PagSeguro é uma empresa, totalmente, brasileira. Apesar de, em sua jornada, ter adquirido partes de empresas estrangeiras.

A sua área de atuação são os pagamentos digitais. Além de ter ingressado no mercado financeiro, por meio do PagBank, outra empresa do grupo, que opera sobre o próprio PagSeguro.

O PagSeguro opera tanto com cartões de crédito, quanto de débito. Isso se dá tanto no meio físico (através das famosas maquininhas do PagSeguro), quanto por meio eletrônico, com suas plataformas de pagamento digital.

O PagSeguro faz parte do UOL, o famoso portal de conteúdo. E, atualmente, se mostra como o segmento mais rentável da empresa. Porém, a empresa surgiu fora do Universo Online.

Maquininha PagSeguro

Quando falamos do PagSeguro, uma das primeiras coisas de que nos lembramos é da maquinha

 amarela da empresa. E isso não é sem razão, pois o próprio PagSeguro a tornou uma de suas maiores marcas registradas.

Essa foi lançada em 2013. Um ano, como você viu, que trouxe diversas inovações para a empresa.

Além do leitor, o PagSeguro, também, conta com aplicativos para celulares. Esse funcionam como complementos e, até substitutos, em alguns casos, dos terminais de pagamento.

Assim como a maior parte dos serviços do PagSeguro, a maquininha é destinada, principalmente, a pequenos e microempresários. Mas pode, sem problemas, ser utilizada por empresas maiores.

Para aumentar, rapidamente, a sua aceitação, o PagSeguro realizou diversas parcerias. As mais notáveis são com operadoras de cartões de crédito, como Visa e Mastercard. Assim, a maquininha se mostra como uma das que aceitam mais bandeiras no Brasil.

Outra parceria é com os próprios comerciantes. Isso pois essa é uma maquininha sem aluguel e com taxas bem pequenas, se comparadas a seus concorrentes.

Por ter tantas funcionalidades, o PagSeguro se torna a primeira opção para transações físicas e digitais. Tanto por parte dos comerciantes quanto por parte dos compradores.

Parcerias do PagSeguro

A compra pelo UOL foi, sem dúvidas, a parceria mais marcante da história do PagSeguro. Mas, de forma alguma, foi a última. Sus história está repleta de aquisições e esforços conjuntos.

Um deles ocorreu em 2012. Visando uma maior segurança em suas transações, foi firmada uma parceria com a Horus, empresa especializada em prevenção de fraudes eletrônicas.

Nesse mesmo ano, foi feito outro acordo do tipo. Dessa vez com a finlandesa Nokia, para viabilizar o pagamento via NFC (Near Field Communication).

Dessa maneira, era possível realizar pagamentos através da aproximação de dois aparelhos celulares. É importante lembrar que essa tecnologia, apesar de bastante popular atualmente, foi, primeiramente, usada pela PagSeguro no Brasil.

Em 2013, foi a vez das parcerias com o Cartão Mais! E com o iPAGARE Magento. Assim, quem fizesse uso dessa última tecnologia poderia realizar checkout com o PagSeguro.

Ainda em 2013, depois de receber a certificação de segurança PCI-DSS, lançou o serviço Envio Fácil. Isso permitia aos lojistas e compradores, sem limite de peso, fazer o rastreio de suas encomendas, por todo o Brasil.

No ano seguinte, a empresa lança o aplicativo Carteira PagSeguro. Esse era capaz de armazenar os dados dos seus cartões de crédito e viabilizar o pagamento via celular, desde que permitido pelo estabelecimento. Além de permitir a inserção de saldo na carteira virtual.

Em 2015, a empresa se destacou no Prêmio Consumidor Moderno, como a melhor na categoria Serviços Financeiros e de Excelência em Serviços ao Cliente. Além de ser eleita a melhor no segmento Pagamentos Online, pelo Prêmio Época ReclameAQUI.

No final de 2017, é feita uma das parcerias mais notáveis do PagSeguro. Trata-se da aquisição de 50,5% da startup de empréstimos Biva. Essa tem foco em pequenos e microempresários. Que, também, fazem parte da esfera de atuação do PagSeguro.

Abertura da Capital

Na intenção de ampliar suas atividades, o PagSeguro, em 2018, anuncia que passará a negociar suas ações na Bolsa de Valores de Nova Iorque. Em sua oferta inicial de pública de ações, foram arrecadados US$ 2,7 bilhões. Esse é considerado, até hoje, o maior IPO do Brasil.

E os valores arrecadados foram utilizados para potencializar o crescimento da empresa. Tanto que, em 2019, o PagSeguro comprou o BBN – Banco Brasileiro de Negócios.

Essa foi a segunda tentativa de a empresa entrar no mercado financeiro. A primeira foi a tentativa de compra do Agibank.

Ainda em 2019, a empresa lança o PagBank, para complementar seus outros serviços de pagamento. O PagBank, a exemplo de muitos outros bancos do tipo, trata-se de uma conta digital gratuita.

Ela permite, aos clientes, fazer pagamentos, transferências e recargas de telefones. Além de oferecer um cartão de crédito internacional. A sua adesão foi massiva, conquistando quase um milhão de meio de clientes em 4 meses.

Essa nova iniciativa da empresa rendeu um novo cartão internacional, gratuito, da empresa. Dessa vez, em parceria com a Visa. Esse é aceito tanto em lojas físicas quanto em virtuais.

Isso além dos serviços habituais, como, por exemplo, pagamentos, transferências, portabilidade de salário, recargas de salários, empréstimos e outros.

PagSeguro Atualmente

No ano de 2020, o PagSeguro compra a MOIP. Trata-se do braço brasileiro da empresa alemã Wirecard. Os valores praticados, nessa compra, não foram publicizados.

Essa compra foi bastante vantajosa para o PagSeguro. Isso pois ele adicionou 200 mil clientes á sua carteira. Além de mais R$ 5 bilhões em volume, total de pagamentos. Essas foram as informações divulgadas, à época, pela Valor Econômico.

Nesse mês, o PagBank, já contava com mais de 6 milhões de clientes ativos. E, ao fim de 2020, o banco digital foi, segundo a Forbes, considerado um dos 4 melhores bancos do país.

Para finalizar a operação iniciada no início do ano, o PagSeguro terminou de adquirir a Wirecard Brasil. E, novamente, o valor da operação não foi divulgado ao público.

Atualmente, a empresa já conta com milhões de clientes. Tanto na plataforma PagSeguro, quanto os usuários do PagBank. E já planeja novos projetos. Esses bem adiantados.

Um deles é o PagPhone. Esse aparelho opera sob o sistema operacional Android. Sendo assim, ele se torna o primeiro aparelho do tipo a oferecer, de uma forma integrada, serviços de telefonia inteligente e financeiros.

Qual é a História da empresa?

A história do PagSeguro começa no ano de 2006. Porém, ainda, não sob esse nome. Isso pois, nesse ano, os sócios Srmando Hilel, Leonardo Pascoal e Sergio Costa fundaram a BRPay. Essa foi a primeira plataforma de pagamentos digitais do Brasil.

Em janeiro do ano seguinte, o UOL compra a plataforma. Essa seria, posteriormente, a sua casa mais conhecida. Tanto que, em julho, a plataforma mudou de nome e, agora, se tornou o serviço, oficial, de pagamentos, do portal de conteúdo.

Nos próximos três anos, o crescimento do PagSeguro foi enorme. Tanto que, no ano de 2010, já contava com mais de 12 milhões de usuários cadastrados. A maior parte deles, ativa.