Vistoria no Apartamento: Como Fazer Antes de Mudar?

Comprou um apartamento junto à imobiliária em Itapema, agora, a entrega das chaves é a hora mais aguardada. Afinal, é onde o sonho finalmente começa a tomar forma. Contudo, antes de fazer a mudança, uma etapa muito importante é realizar a vistoria no apartamento. Isso porque, é por meio dela que você irá garantir que a propriedade realmente pode ser habitada e está de acordo com o que foi prometido no contrato. Diversas imobiliárias anunciam seus imóveis em sites e portais como o Quinto Andar, estas por sua vez se comprometem a fazer estas vistorias de entrada e saída do imóvel, inclusive, o ideal é que o futuro inquilino possa acompanhar este processo.

No entanto, muitos ignoram essa fase ou não sabem o que precisa ser avaliado na hora de assinar o documento. Então, pensando em te ajudar, preparamos o post de hoje para explicar um pouco melhor sobre a vistoria, tanto para apartamentos novos quanto usados. Vamos lá?

Por que é importante realizar a vistoria de imóvel?

Checar com atenção as condições do imóvel se torna uma ótima maneira de garantir que o apartamento esteja adequado ao que foi combinado com o vendedor. Sendo assim, a vistoria é valida tanto para imóveis antigos quanto para os novos, que pode ser feita por meio da conferência do memorial descritivo.

Em imóveis novos, a vistoria irá verificar a qualidade da construção, principalmente avaliando defeitos aparentes. Sendo assim, caso algo esteja em desacordo, a informação fica registrada e repassada o quanto antes para a construtora, a fim de realizar os devidos reparos, ainda que seja um problema pequeno. Inclusive, vale lembrar que se a contestação não for feita dentro do prazo estipulado no contrato, poderá perder a garantia de a empresa se responsabilizar pelas reformas necessárias. Ou seja, o prejuízo será por sua conta.

Já quando falamos em imóveis usados, a vistoria no apartamento pode ser mais difícil, visto que eles podem apresentar problemas não aparentes, como é o caso de um sistema elétrico ou hidráulico muito antigo, vazamentos internos, infiltrações disfarçadas pela pintura recente, rachaduras, etc. 

Nesse caso é importante ficar atento aos mínimos detalhes, pois assim é possível negociar com o vendedor e, portanto, evitar frustrações quando pegar as chaves de forma definitiva. Além disso, é ainda mais importante caso compre um apartamento já mobiliado, pois qualquer problema irá afetar o valor da negociação.

Como fazer a vistoria em seu apartamento?

O ideal é que a vistoria seja feita durante o dia e, de preferência, com sol a fim de garantir uma iluminação mais adequada para facilitar a visualização e detectar possíveis problemas. Além disso, abra e feche todas as janelas para garantir que estão funcionando corretamente e observe se precisam ser impermeabilizadas, assim como se os vidros estão trincados ou arranhados.

Analise também a qualidade da cerâmica, observando atentamente as louças instaladas no apartamento, como o vaso sanitário, cubas e pias da cozinha e banheiro. Cheque se não existem arranhões nas torneiras e anote todos os detalhes.

Também se faz necessário testar as tomadas e as lâmpadas em todos os cômodos. Além disso, tire fotos com o celular para deixar tudo registrado. Afinal, se encontrar irregularidades, a construtora tem até 30 dias para repor as peças danificadas.

Dicas para o checklist de vistoria

Independente se você adquiriu um imóvel novo ou usado, com o checklist abaixo temos certeza que sua vistoria será bem mais ágil e eficiente. Confira abaixo:

Parte elétrica

Use o carregador de celular em todas as tomadas para verificar a condição de cada uma;

Teste a campainha;

Observe se há indicação de todos os pontos dentro do quadro de luz;

Se não houver energia elétrica, se faz importante deixar registrado e solicitar uma nova vistoria.

Vistoria no Apartamento

Parte hidráulica

  • Teste as torneiras e avalie a existência de vazamentos;
  • Observe se estão manchadas ou arranhadas;
  • Cheque se os registros funcionam normalmente;
  • Teste a pressão da descarga;
  • Observe se a água empoça na varanda;
  • Cheque se a torneira fica pingando depois de fechada.

Pisos

  • Faça o teste para verificar se o piso está irregular com a ajuda de uma bolinha de gude;
  • Observe se existem partes ocas assentadas.

Portas, janelas e esquadrias

  • Certifique-se de que não há manchas ou amassados na esquadria;
  • Vidros não podem estar trincados, arranhados, soltos e nem mesmo balançar com o vento;
  • Observe se as portas estão totalmente pintadas, inclusive a parte de cima, pois a tinta ajuda a proteger;
  • Teste todas as fechaduras e observe o olho mágico.

Outros detalhes

  • Observe se todas as partes estão retas, se existe alguma mancha ou rejunte mal posicionado;
  • Verifique se não há manchas de tintas nos pisos ou rodapés;
  • Solicite o manual descritivo, e faça a vistoria no apartamento novo, além de procurar saber mais sobre a qualidade dos materiais que foram entregues, assim como os prazos definidos em contrato;
  • Confira a qualidade do acabamento dos rodapés e roda teto.

Então, agora que você sabe como fazer a vistoria no apartamento novo ou usado, já pode colocar nossas dicas em prática. Lembre-se de observar todos os detalhes, fazer testes variados e fotografar para deixar registrado e garantir uma boa compra.

Alessanderson Dubecker

A missão do Quero Telefone: Um mundo onde a experiência do cliente tem um impacto positivo e sustentado em indivíduos, organizações, sociedade e no bem-estar econômico do Brasil.